www.catoliconanet.com

Seu espaço virtual de evangelização

Liturgia Diária ( 22 de setembro de 2013 )

 

1ª Leitura   #   Am 8,4-7

Am 8, 4 Ouvi isto, vós que engolis o pobre, e fazeis perecer os humildes da terra, 5 dizendo: Quando passará a lua nova, para vendermos o nosso trigo, e o sábado, para abrirmos os nossos celeiros, diminuindo a medida e aumentando o preço, e falseando a balança para defraudar? 6 (Compraremos os infelizes por dinheiro e os pobres por um par de sandálias.) Venderemos até o refugo do trigo. 7 O Senhor jurou pelo orgulho de Jacó: não esquecerei jamais nenhum de seus atos.

 

Salmo Responsorial   #   Sl 113

Louvai o Senhor, que eleva os pobres!

— Louvai, louvai, ó servos do Senhor,/ louvai, louvai o nome do Senhor!/ Bendito seja o nome do Senhor,/ agora e por toda a eternidade!

— O Senhor está acima das nações,/ sua glória vai além dos altos céus./ Quem pode comparar-se ao nosso Deus,/ ao Senhor, que no alto céu tem o seu trono/ e se inclina para olhar o céu e a terra?

— Levanta da poeira o indigente/ e do lixo ele retira o pobrezinho,/ para fazê-lo assentar-se com os nobres,/ assentar-se com os nobres do seu povo.

 

2ª Leitura   #   1Tm 2,1-8

1Tm 2, 1 Acima de tudo, recomendo que se façam preces, orações, súplicas, ações de graças por todos os homens, 2 pelos reis e por todos os que estão constituídos em autoridade, para que possamos viver uma vida calma e tranqüila, com toda a piedade e honestidade. 3 Isto é bom e agradável diante de Deus, nosso Salvador, 4 o qual deseja que todos os homens se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade. 5 Porque há um só Deus e há um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo, homem 6 que se entregou como resgate por todos. Tal é o fato, atestado em seu tempo; 7 e deste fato - digo a verdade, não minto - fui constituído pregador, apóstolo e doutor dos gentios, na fé e na verdade. 8 Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando as mãos puras, superando todo ódio e ressentimento.

 

Evangelho   #   Lc 13,1-13

Lc 13, 1 Neste mesmo tempo contavam alguns o que tinha acontecido a certos galileus, cujo sangue Pilatos misturara com os seus sacrifícios. 2 Jesus toma a palavra e lhes pergunta: Pensais vós que estes galileus foram maiores pecadores do que todos os outros galileus, por terem sido tratados desse modo? 3 Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo. 4 Ou cuidais que aqueles dezoito homens, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, foram mais culpados do que todos os demais habitantes de Jerusalém? 5 Não, digo-vos. Mas se não vos arrependerdes, perecereis todos do mesmo modo. 6 Disse-lhes também esta comparação: Um homem havia plantado uma figueira na sua vinha, e, indo buscar fruto, não o achou. 7 Disse ao viticultor: - Eis que três anos há que venho procurando fruto nesta figueira e não o acho. Corta-a; para que ainda ocupa inutilmente o terreno? 8 Mas o viticultor respondeu: - Senhor, deixa-a ainda este ano; eu lhe cavarei em redor e lhe deitarei adubo. 9 Talvez depois disto dê frutos. Caso contrário, cortá-la-ás. 10 Estava Jesus ensinando na sinagoga em um sábado. 11 Havia ali uma mulher que, havia dezoito anos, era possessa de um espírito que a detinha doente: andava curvada e não podia absolutamente erguer-se. 12 Ao vê-la, Jesus a chamou e disse-lhe: Estás livre da tua doença. 13 Impôs-lhe as mãos e no mesmo instante ela se endireitou, glorificando a Deus.

 

Acompanhe, também, as leituras de outros dias

DSTQQSS
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930-----
-------

Liturgia Diária 2013 [ Janeiro · Fevereiro · Março · Abril · Maio · Junho · Julho · Agosto · Setembro · Outubro · Novembro · Dezembro ]